Inovação, Tecnologia

Saiba diferenciar o Leap do Kinect

2 80

Tenho recebido mensagens de pessoas mencionando a grande novidade da Leap Motion. Esta empresa californiana têm se destacado no mercado mesmo sem ter lançado o produto. A única certeza que temos de seu funcionamento é um vídeo institucional que mostra uma possível revolução no uso do computador. Se as informações ficassem somente neste patamar, eu ficaria totalmente satisfeito por terem se lembrado de mim nesse contexto, porém o problema veio quando começaram a comparar Leap com Kinect, fazendo a maior “salada” de tecnologias e suas aplicações.

Bom, para quem não sabe o que é Leap, basta assistir o vídeo abaixo para ter uma ampla visão do que estou dizendo, depois continue lendo:

Quero quebrar aqui, logo no começo, uma informação totalmente equivocada. Leap não é Kinect. Leap não tem nada a ver com Kinect. Leap não vai substituir o Kinect. A única semelhança entre os dois está no conceito de reconhecimento de movimentos. Também não devemos confundir reconhecimento de movimento com reconhecimento de gestos. O primeiro é basicamente uma forma de reconhecer objetos do mundo real em movimento, não necessariamente uma “mão”, ou o corpo humano. Já o reconhecimento de gestos produz resultados mais inteligentes, conseguindo não somente reconhecer os movimentos, mas também identificar determinadas posições e ações do corpo humano. E é exatamente esse segundo que o Kinect consegue realizar a nível de hardware.

Não estou defendendo a tecnologia da Microsoft, mas apenas reforçando as diferenças. Vejo as aplicações do Leap na forma de resolver questões básicas do dia-a-dia, porém agora de forma mais inteligente (sem o toque no mouse). A própria especificação do produto coloca em destaque a substituição do mouse e do teclado. Através de movimentos, o usuário poderá realizar de forma mais prática as tarefas que antes poderiam ser consideradas “não intuitivas” através do mouse, como produzir uma assinatura, ou até mesmo arrastar ícones e arquivos fechando as mãos. O Leap é para uso diário, facilitando intuitivamente a utilização do computador, seja qual for a aplicação, ou seja, jogos, edição de textos, manipulação de arquivos, edição de imagens etc.

Já consigo imaginar aplicações onde o usuário poderá utilizar a tecnologia do Kinect em conjunto do Leap, poderemos realizar essa integração facilmente. Agora é só esperar o lançamento do produto, que ocorrerá entre dezembro desse ano e janeiro/13, para conseguirmos realizar os primeiros testes. Vamos trabalhar.

 

Sobre o autor / 

Daniel Accorsi

Analista Web/Sistemas formado em 2004 pela Universidade UniFil em Londrina/PR, MBA em Marketing Digital e Gestão de Projetos Web, blogueiro, desenvolvedor Kinect e fotografia como hobby. Me encontre no Twitter - @DanielAccorsi

Comentários

Arquivo

Receba por e-mail

Você receberá pro e-mail as novas publicações do Alvo Conhecimento. Poderá cancelar a qualquer momento.