Comportamento, Curiosidade

A Geração dos Intocáveis

0 77

h1n1_Alvo_ConhecimentoNão posso deixar de escrever sobre a “nova” Gripe, H1N1, que está congelando seres humanos em todo mundo. Engraçado como todos se referem a essa gripe, a mídia como um todo tem colocado um termo que, a princípio era estranho, mas que se tornou normal. Assim é a NOVA Gripe: “Venham gente, assistam aqui! É… Aqui mesmo, nesta emissora, sobre a NOVA Gripe!” Eu não gosto da maneira como colocam a “novidade”, é tudo um jogo de marketing[bb]. Bom, voltando às primeiras notícias sobre o H1N1[bb], vimos muitos comentários sobre Gripe Suína, um nome ridiculamente errado, coitado do porco, ele saiu da história depois de muito tempo. Esse termo foi até colocado como impróprio (informalmente) na época, e foi respeitado! Mas nossa querida Rede Globo, como sempre andando em seus próprios caminhos, continuou dizendo “Suína”, enquanto que as outras redes respeitaram a decisão, bom, quase todas… Vai saber.

Começamos a viver uma era de humanos intocáveis, gente que teme o contato físico. Um desencontro social que tem crescido gradativamente e assustadoramente. Como serão nossas crianças que recebem esta educação? Ao mesmo tempo temos nos tornado pessoas mais conscientes dos males que nos rodeiam, aqueles males… Invisíveis aos nossos olhos! Entramos num estado de consciência onde necessitamos nos precaver para garantir um corpo saudável,  custe o que custar. A bisnaguinha de álcool em gel faz parte de nossas vidas, como se fosse um membro de nosso corpo, radical, não? Eu mesmo me sinto estranho se não lavar as mãos e usar álcool num certo intervalo de tempo. Aproveitando o parágrafo, quero protestar sobre o desrespeito das empresas fabricantes do álcool residencial, o valor tem aumentado absurdamente, aproveitadores oportunistas.

h1n1_Alvo_ConhecimentoO comportamento tem mudado em todo o mundo, políticas e leis sendo transformadas, costumes sendo reescritos, houve (e ainda há) uma transformação na genética de nossa sociedade. Vejo uma consequência disso: se o meio social virtual, chamados de Redes Sociais, tem crescido a cada mês, agora iremos nos tornar dependentes dos serviços para evitar o contato direto. Os serviços on-line terão uma explosão de acessos, será como uma expansão de nossos costumes. A Gripe A pode se dissipar, mas isso com certeza ficará. Tudo porque as pessoas não querem deixar de se relacionar, há essa necessidade e fomos feitos para isso… Mas não aceitam o risco de um encontro. Daqui alguns anos ficaremos saciados com apenas um “Olá, estou com saudades” pelo Orkut, mas lá no interior de nossa alma sempre haverá um “Olá, preciso de um abraço bem apertado!“.

Somos a Geração dos Intocáveis, uma era na qual o cumprimento será abolido e os beijinhos serão lenda. Espero que isso passe e que no futuro possamos olhar para traz e dizer: “Tudo não passou de um pesadelo“.


Sobre o autor / 

Daniel Accorsi

Analista Web/Sistemas formado em 2004 pela Universidade UniFil em Londrina/PR, MBA em Marketing Digital e Gestão de Projetos Web, blogueiro, desenvolvedor Kinect e fotografia como hobby. Me encontre no Twitter - @DanielAccorsi

Comentários

Arquivo

Receba por e-mail

Você receberá pro e-mail as novas publicações do Alvo Conhecimento. Poderá cancelar a qualquer momento.